RESENHA: Fallen Angels – Cobiça

Título:  Fallen Angels – Cobiça – Livro 1
Editora: Universo dos Livros
Autora: J. R. Ward
Páginas: 496
Ano: 2011
Sinopse: “Redenção não é uma palavra que Jim Heron conhece muito bem – a especialidade dele, pessoal e profissional, é vingança, e para ele, pecado é bem relativo. Mas tudo muda quando ele se torna um anjo caído e é incumbido de salvar as almas de sete pessoas dos sete pecados capitais. Sua arma: o poder do amor. Seu inimigo: o mais sombrio mal. E falhar não é uma opção. Vincent Di Pietro se entregou ao seu trabalho – até que o destino intervém na forma de um muito convincente, dono de uma Harley, salvador declarado, e uma mulher que o fará questionar seu destino. Com um mau antigo pronto para reclamá-lo, Vin tem que trabalhar com um anjo caído não apenas para salvar sua pele… mas para salvar sua alma.”

” – Você terá sete chances. Sete oportunidades para influenciar seus companheiros da raça humana. Se o fizer tão bem como acreditamos que o fará, os resultados salvarão as almas em questão e nós prevaleceremos sobre o outro lado. (…)”

Sete pecados capitais. Sete almas condenadas por eles. Sete pessoas em uma encruzilhada, com uma escolha que deve ser feita. E somente um homem para salvá-las metade anjo, metade demônio.
Cobiça é o primeiro título da série Fallen Angels escrita pela já prestigiada J.R.Ward, autora de ”Irmandade da Adaga Negra”, publicada pela Editora Universo dos Livros.
Um livro intrigante cheio de mistérios e intrigas, além das tradicionais cenas de amor que, mesmo sendo reduzidas, não podiam faltar já que são uma marca registrada desta maravilhosa escritora. A história tem a dose certa de tensão, de dúvidas, de ódio e de amor necessários para criar um universo absurdamente intrigante e que desperta o desejo de sempre querer saber mais e mais.Em uma guerra onde só um lado pode vencer, ou seja, demônios ou anjos.
Jim Heron terá que descobri 7 almas que precisam ser salvas, para desempatar esse ‘jogo’. Jim foi escolhido por conta de suas atitudes, tanto no passado quanto no presente. Sendo aceito pelos dois lados da história.“Mas não há atalhos na vida, e você tem que pagar pelos seus erros. Sempre.”A primeira alma a ser salva é Vin diPietro, um executivo de sucesso, que a vida era baseada totalmente e inteiramente em dinheiro. Cercado de amores e amizades falsas, acreditando que tudo pode ser comprado. Resultado de um infância de sofrimento que é contada ao decorrer do livro com detalhes. Jim entra na sua vida e tudo isso irá mudar…

Paralelamente à história é apresentada a personagem de Marie-Terese, uma prostituta da boate Iron Mask, ela tem um filho e tem que viver fugindo e se escondendo de um ex-marido mafioso.

É interessante a forma como fora criado a personalidade de cada personagem. Por exemplo, a parte feminina da história apesar de apresentarem-se frágeis, são mulheres fortes e determinadas, e fica impossível depois que acabar de ler Cobiça, você não ficar com os personagens marcados na memória e querendo urgentemente encontrar Jim Heron em alguma rua qualquer… ou não, porque… UPS! Não vou contar não…rs

Querem saber mais? Então terão que ler o livro. 😛

assinatura

One thought on “RESENHA: Fallen Angels – Cobiça

  1. Oie, tudo bom?
    O único trabalho que conheço da autora é “Irmandade da Adaga Negra”, mas quero ler mais da autora, acho que este será o próximo. Adorei a resenha e seu blog é um amor.

    Bjux 😉

    entrelinhasalways.blogspot.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *