RESENHA: Destrua Este Diário

Título:  Destrua Este Diário

Editora: Intrínseca
Autora: Keri Smith

Páginas: 224

Ano: 2013

Sinopse: 
Um diário costuma servir para anotar ideias, memórias ou registros do cotidiano. Keri Smith, ilustradora e artista canadense, inventou um tipo diferente de diário, que exige do usuário uma interação mais lúdica e inusitada. Com a proposta de estimular a criatividade e questionar convenções sobre a forma como lidamos com os objetos, Destrua este diário nos convida a rasgar páginas, rabiscar, pintar fora das linhas, manchar e até mesmo levar o livro para o banho. A ideia surgiu quando Smith começou a refletir sobre o início da sua carreira como artista e percebeu que o perfeccionismo tão exaltado na nossa cultura era um grande empecilho do processo criativo. A experiência fez com que ela entendesse que é preciso esculhambar a monotonia e o lugar-comum para que o novo possa surgir.

Resenha:

Boa noite pessoinhas!! Hoje vim aqui descrever minha experiência com o livro “Destrua Este Diário” da autora Keri Smith e publicado pela Editora Intrínseca aqui no Brasil. Este foi um livro que ganhei há pouco tempo e estou completamente encantada e como muitos leitores:  amedrontada. Sabe aquele livro que você acaba de ganhar e já começa a ter pena de “destruí-lo”? Pois é, é este o caso.

Para quem não sabe, ”Destrua Este Diário” é um tipo diferente de diário, que estimula a nossa criatividade de uma forma lúdica e inusitada. Keri Smith propõe que destruíssemos literalmente o livro, em cada página encontramos inúmeros desafios que podem ser cumpridos de qualquer jeito e sem uma ordem pré-determinada. 

Confesso que quando o abri a primeira vez, gelei. Fiquei encarando aquelas páginas em branco, sem saber ao certo por  onde começar ou o que fazer, com um pouco de medo e de excitação em relação a ideia inicial de destruí-lo. 

O bacana desta proposta é que você não está restrito apenas à destruí-lo e seguir à risca tudo que está escrito, você pode fazer coisas diferentes como: escrever onde pede para desenhar, colorir onde é para sujar, não tomar banho com o livro, manter a lombada intacta